Desenvolvendo soluções

A nova política de privacidade do WhatsApp começa a valer em 15 de maio com mudanças para conversas entre clientes e empresas; ela mantém o compartilhamento de dados com o Facebook vigente desde 2016. O aplicativo não vai apagar a conta de quem não aceitar esses termos, mesmo depois desse prazo, mas vai dificultar o envio de mensagens – e, após algum tempo, vai bloquear todos os recursos.

O WhatsApp tentou esclarecer nesta sexta-feira (7) o que acontece com quem não aceitar a nova política de privacidade: “nenhuma conta será excluída em 15 de maio por causa dessa atualização e ninguém perderá funcionalidades”, diz a empresa em comunicado ao The Next Web. “Iremos enviar lembretes às pessoas nas próximas semanas.”

OK, o app continuará funcionando para todos em 15 de maio. Mas o que acontece depois desse prazo para quem não concordar com as novas regras? O WhatsApp atualizou um artigo de ajuda detalhando isso.

Aviso do WhatsApp sobre nova política de privacidade (Imagem: Reprodução)

Aviso do WhatsApp sobre nova política de privacidade (Imagem: Reprodução)

WhatsApp vai limitar app de quem não aceitar regras

O aviso sobre a política de privacidade vem sendo exibido gradualmente para todos os bilhões de usuários no WhatsApp. Segundo a empresa, a maioria das pessoas que foram notificadas já concordou com os novos termos.

Depois de 15 de maio, o app voltará a lembrar periodicamente aqueles que não aceitarem as novas regras, sem afetar funcionalidades do app. Então, após “várias semanas”, esse lembrete vai se tornar persistente e o acesso ao app será limitado.

O que ocorre com quem ignorar o pedido para aceitar as regras de privacidade, a ponto de o aviso se tornar fixo? Basicamente, você só poderá enviar mensagens pelo WhatsApp se receber uma notificação: não haverá como ver sua lista de conversas. Também será possível receber chamadas de voz e vídeo.

WhatsApp vai limitar recursos de quem não aceitar política de privacidade (Imagem: Divulgação)

As funcionalidades limitadas vão durar mais “algumas semanas”. Então, o acesso ao app ficará totalmente bloqueado: não será possível nem mesmo receber mensagens ou chamadas.

Se você parar de entrar no WhatsApp, a conta será apagada dentro de 120 dias, seguindo a política referente a usuários inativos. Os dados permanecerão no celular até que o app seja apagado; caso você decida voltar ao mensageiro, o conteúdo local vai aparecer de novo.

E se eu não aceitar a política de privacidade do WhatsApp?

Em resumo, eis o que vai acontecer:

  • se você aceitar a nova política de privacidade, o WhatsApp funcionará normalmente;
  • se você não aceitar, o aviso será exibido novamente de vez em quando;
  • caso você não aceite após algumas semanas, o aviso se tornará fixo e as restrições começam a valer:
  • será possível abrir uma conversa apenas após receber uma notificação;
  • será possível receber chamadas de voz e vídeo, mas não iniciar ligações;
  • não será mais possível acessar sua lista de conversas;
  • depois de mais algumas semanas, o app ficará totalmente bloqueado e não exibirá mensagens recebidas nem ligações;
  • sua conta só será excluída caso você passe mais de 120 dias sem entrar no WhatsApp, e mesmo assim, os dados continuarão no celular.

Fonte: Tecnoblog